Publicado por: Barbara R. | 24/08/2009

Queda de cabelo


escovaAlterações significativas na aparência dos cabelos podem impactar seriamente a auto-estima das pessoas. A queda de cabelos pode causar sérias conseqüências emocionais – tanto para homens como para mulheres.

Os cabelos não servem somente como um aliado estético, mas também funcionam como um isolante térmico, protegendo a cabeça das radiações solares.

O principal indicativo de cabelos saudáveis é quando a cutícula do cabelo tem um padrão regular. Isso faz com que as moléculas de água e de proteína mantenham-se no cabelo – mantendo-o maleável, com brilho, forte e macio.

Mas quando nosso cabelo começa a cair ou está com sua estrutura alterada, isso pode ser indício de doenças.

As causas para a queda de cabelo podem ser internas ou externas.

Causas externas

As causas externas da queda de cabelo geralmente são provocadas por desgastes por produtos químicos, tais como:

  • Permanentes;
  • Tinturas;
  • Tração dos fios – como em sessões de alisamento – ou por pressão provocada por penteados que puxam o cabelo para traz;
  • Acúmulo de resíduos de cremes no couro cabeludo.

Mas a causa da queda não necessariamente é de origem química. Entre as causas comuns de origem não-química estão exposição excessiva aos raios ultravioleta, uso de secadores e escovação brusca.

Em ambos os casos, ocorrem anomalias na disposição das cutículas e, conseqüentemente, na estrutura dos fios e do couro cabeludo, deixando-os danificados. Nesses casos – em que as escamas ficam abertas, provocando perda de brilho, umidade e resistência – faz-se necessário um tratamento profundo e intensivo. Esse tratamento deve ser à base de cremes específicos para a recuperação dos fios. Além disso, deve-se parar completamente com o uso dos produtos químicos nos cabelos, até que eles estejam novamente revitalizados.

Quando os cabelos estão caindo em grande quantidade ou quando tornam-se mais finos e escassos, não se deve dispensar a consulta a um dermatologista para descobrir com precisão a causa.

Os especialistas na área irão avaliar o problema do paciente, buscando informações sobre sua dieta, uso de medicamentos, vitaminas tomadas nos últimos seis meses, histórico familiar e doenças recentes. No caso de mulheres que apresentam esta queixa, o médico deve perguntar sobre o ciclo menstrual, gravidez e menopausa.

A próxima etapa é fazer um exame do couro cabeludo, analisando os fios de cabelo ao microscópio. Testes laboratoriais mais específicos também podem ser indicados, como por exemplo, a biópsia do couro cabeludo.

Causas internas mais conhecidas

Má Alimentação

Pós-parto

Micoses do couro cabeludo

Uso das pílulas anticoncepcionais

Distúrbios da glândula tireóide

Febre alta e infecções

Outras causas

  • O estresse psíquico;
  • Tabagismo;
  • Abuso de bebidas alcoólicas;
  • Menopausa;
  • Ovários policísticos.


Fonte: http://belezaesaude.dae.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: